Dicas Notícias

Amsterdã: bairro da Luz Vermelha terá restrições ao turismo

15 de abril de 2019

autor:

Amsterdã: bairro da Luz Vermelha terá restrições ao turismo

Amsterdã: bairro da Luz Vermelha terá restrições ao turismo

A exemplo do que aconteceu em Veneza, na Itália, relativo às restrições impostas pelas autoridades ao turismo de massa e que noticiamos aqui no Blog do yzzer.com, agora foi a vez de Amsterdã criar regras mais duras com relação aos grupos de turistas que infestam a cidade. Trata-se da proibição de tours guiados no bairro da Luz Vermelha, famoso por ter em suas ruas a variada oferta de prostitutas em vitrines. Desde o século XVII, essa região está relacionada com o mercado do sexo, tendo a atividade de prostituição sido regulamentada em 1911.

A Oudekerksplein, coração do bairro, chega a receber cinquenta grupos de turistas por hora. A prefeitura acredita que essa manada de visitantes gera insegurança, sujeira nas ruas e promove o desrespeito às profissionais da região. Segundo o vereador Udo Kock, não é mais admissível que as prostitutas sejam vistas como atrações turísticas. Os políticos acusam esses mesmos turistas de serem inconvenientes, de gerarem poluição sonora, de urinarem nas ruas e de consumirem álcool em excesso.

A medida, que entra em vigor em 1º de janeiro de 2020, inclui ainda a restrição a grupos de no máximo quinze pessoas para passeios guiados pelo centro histórico e a proibição desse tipo de passeio após as 19h, inclusive aos finais de semana. Essas ações se juntam ao fechamento de ruas e programas de dessaturação da concentração turística. A prefeitura de Amsterdã também pretende cobrar uma taxa de entretenimento, mas não forneceu maiores detalhes sobre a aplicação e forma de pagamento desse tributo.

É fato que os problemas relacionados com o chamado turismo de massa vêm se espalhando pelo mundo todo. Os picos de procura por destinos turísticos que estão na moda sempre foram gatilhos para problemas como a especulação imobiliária, “expulsando” das áreas centrais os moradores e serviços básicos de seus interesses, em favor de negócios voltados ao turismo. As autoridades holandesas alertam agora para questões mais imediatas e urgentes, como problemas de segurança e saúde. Assim, a cidade pretende dar continuidade a um processo de “limpeza”, tornando-se mais agradável aos seus moradores. Entre as medidas, haverá a restrição para a construção de novos hotéis e gift shops, proibição de trânsito de ônibus de turismo nas regiões centrais, além de multa para quem consumir álcool em público, urinar na rua e jogar lixo no chão.

promoção-passagem-aerea-yzzer
Comente aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *