Dicas

Enoturismo – Uma série sobre as melhores regiões de vinho do mundo Capítulo 02 – Itália

12 de abril de 2019

autor:

Enoturismo – Uma série sobre as melhores regiões de vinho do mundo Capítulo 02 – Itália

Enoturismo – Uma série sobre as melhores regiões de vinho do mundo

Capítulo 02 – Itália

Dando continuidade à nossa série sobre Enoturismo, depois do nosso passeio pelas mais incríveis regiões vinícolas da França (http://blog.yzzer.com/2019/01/10/serie-enoturismo-melhores-regioes-vinho-do-mundo/), hoje vamos dar um pulinho até a Itália e explorar as principais áreas de denominação de origem controlada do país.

É impossível explicar a tradição enóloga italiana sem remeter à era romana, pois certamente um dos impérios mais vigorosos da história deixou um legado também nesta área. O território italiano possui uma variedade incrível de micro climas, solos e tradições, o que permitiu a ascensão de vinte regiões produtoras e mais de 350 variedades. Vamos nos deter às cinco regiões mais conhecidas e que produzem os mais renomados vinhos italianos.

Toscana

Situada na zona central da Itália, a Toscana é certamente a região mais popular do país quando o assunto é enoturismo. É lá que se produz o Chianti, vinho feito predominantemente com uvas Sangiovese e que ostenta a maior produção nacional. A rota entre Florença e Siena é perfeita para apreciar o Chianti e as belezas naturais da região emolduram um cenário incrível.

É na Toscana também que se produz o aclamado Brunello di Montalcino, um dos vinhos mais renomados e em evidência do mundo. A fama não é gratuita! A região de Montalcino ostenta um dos cinco DOCG (Denominação de Origem Controlada e Garantida) da Toscana e o Brunello precisa envelhecer dois anos em barrica de carvalho e pelo menos quatro meses na garrafa. O resultado é um vinho de reserva fabuloso e digno de um brinde a sua viagem pela Itália!

Piemonte

Se nos detivermos especificamente ao fator enólogo, a região do Piemonte é ainda mais relevante do que a Toscana. Fazendo fronteira com o sul da França e tendo proximidade com o Mediterrâneo e com os Alpes, o Piemonte tem uma combinação de clima e solo única. A principal uva é a Nebbiolo, com a qual se produz o Barolo e o Barbaresco, os vinhos mais importantes daquela região.

Pensando num roteiro turístico, você está a um pulo da Cote d’azur, localizado na França, dos Alpes franceses e suíços e de cidades como Turim e Alba, ambas na Itália, Annecy (França) e Genebra (Suíça).

Sicília

O Sul da Itália e suas ilhas reservam muitas maravilhas, inclusive no tocante aos vinhos. No que se refere especificamente à bebida, é bem verdade que não é justo comparar qualquer outra região da Itália com a Toscana e o Piemonte. A estrela da Sicília é o Marsala, um vinho semelhante ao vinho do Porto, doce e com aguardente na composição. O Passito di Pantelleria é um vinho branco de sobremesa típico da ilha.

Nos tintos, aprecie o Nero d’Avola, um nome que certamente você já ouviu falar. A região da Sicília detém um grande número de vinícolas, mas só nas últimas décadas começou a trocar quantidade por qualidade. Ao visitar o Etna, procure pelos vinhos feitos com a uva Catarratto.

Veneto

Veneto está para a Itália como a região de Champagne está para a França. É nesta região que se produz o Prosecco, um espumante de Denominação de Origem Controlada muito apreciado no mundo todo. E se você souber que os Proseccos são feitos em Valdobbiadene, ao norte de Veneza, já pode visualizar um roteiro perfeito!

Apesar de também produzir tintos renomados como Valpolicella, Amarone e Bardolino, é o branco Pinot Grigio que reforça a fama de Veneto. Inclua Verona no seu roteiro, pois de tão importante, a região reivindica o título de capital do vinho na Itália. Em abril, acontece o Vinitaly, o maior evento da bebida na Itália.

Em breve teremos nosso terceiro capítulo da série sobre enoturismo. Que lugar você gostaria de ver aqui no Blog do yzzer.com? Dê sua opinião e nos ajude a decidir nosso próximo destino para apreciar um bom vinho e uma ótima viagem!

passagem-aerea-internacional-yzzer
Comente aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *